Radar da Bola

Zé Roberto pede a penhora de bens do grêmio

Zé Roberto, atualmente lateral do Palmeiras, pediu na justiça a penhora de todas as rendas do Grêmio para quitar uma dívida antiga. Segundo o jogador, esse débito se refere a rescisão de contrato com o antigo clube. A dívida chega a R$ 340.313,80 atualizada. “O Grêmio não nega essas dívidas e certamente acertaremos”, disse o diretor jurídico do Grêmio, Nestor Hein.

O acordo inicial foi de R$400 mil reais divididos em 10 parcelas iguais, porém apenas as duas primeiras parcelas foram pagas no dia acertado. Junho e julho. As duas próximas parcelas foram pagas atrasadas e o poder judiciário foi acionado para fazer valer o contrato. O clube foi multado em 20% em cima de cada parcela paga com atraso e 20% do valor total da dívida, o que a fez subir para R$480 mil reais.

Mais uma vez o acordo não foi cumprido, e Zé Roberto acionou a justiça mais uma vez pedindo o bloqueio das rendas de jogos do clube na Arena do Grêmio, porém o clube informou dia 23 de março, que as receitas do estádio e dos jogos é administrada pela empresa Arena Porto Alegrense S.A, do grupo OAS, que é a proprietária do estádio e que nenhuma verba desse tipo é revertida para o Grêmio. No mesmo dia Zé Roberto pediu o bloqueio de demais receitas do time de Porto Alegre para saldar a dívida.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *