Radar da Bola

São Paulo venceu 13 majestosos com diferença de três gols

O jogo deste domingo será o de número 99 da história da Arena Corinthians. E o de 265 no confronto geral das equipes. São 94 vitórias corintianas, 88 empates e outros 82 triunfos são-paulinos. O São Paulo não vence o Corinthians como mandante há três anos. Nunca venceu no Itaquerão. Além disso, o próprio alvinegro nunca perdeu em Itaquera pela diferença necessária para ser eliminado do estadual, sem necessidade dos pênaltis: três gols. Sem contar que, o São Paulo só venceu o majestoso pelo placar que necessita neste domingo (23) por 13 oportunidades.

Nas outras 98 partidas, em casa, o Corinthians em quase três anos do seu estádio, perdeu sete vezes. Na estreia, para o Figueirense por  1 a 0 e outras três por um gol de diferença (Santos (2015), Guaraní -PAR (2015), Nacional – URU (2016) e Fluminense (2016), além de uma trinca por 2 a 0. Duas vezes o Palmeiras (2015 e 2016) e Santo André (2017). São 69 vitórias como mandante e 22 empates. Nas idas a Itaquera, o tricolor tomou 14 gols e marcou quatro, em cinco jogos, foram quatro vitórias alvinegras, incluindo um 6 a 1, com o time reserva, em 2015 e outro empate.

Se o São Paulo igualar marcas de Palmeiras e Santo André, já reverte o tabu do Itaquerão, para si. Pois em 17 mata-matas no estádio corintiano, apesar do número de 10 vitórias, cinco empates e duas derrotas, em seis eliminações na Arena, três foram nas penalidades máximas. Internacional, Audax e Palmeiras. Ou seja, caso ganhe por dois tentos de diferença, atmosfera no estádio será de tensão devido aos últimos acontecimentos.

A equipe são-paulina já venceu seis playoffs contra o dobro dos corintianos. Neste século, o tricolor só levou a  melhor lá no começo, em 2000, pelo campeonato estadual. De lá para cá, foram três eliminações no regional (2003, 2009 e 2013) uma na Copa do Brasil (2002) e no mesmo ano, pelo extinto Rio-São Paulo.

Última vez que o São Paulo saiu com o triunfo em cima do Corinthians, como visitante, ainda tinha seu atual técnico, Rogério Ceni, como jogador. Foi em 9 de março de 2014, quando o zagueiro Antonio Carlos (ex-São Paulo) marcou dois gols contra no Majestoso, algo inédito. Mas Luís Fabiano, Ganso e Rodrigo Caio deram à vitória para o tricolor. Os remanescentes daquela peleja são Cássio e Fagner (Corinthians), Ceni e Caio – este envolvido em um ato de honestidade que teve desdobramento que fosse um fato ruim, no jogo de ida.

O jogo acontece neste domingo, às 16h, na Arena Corinthians com mais de 41 mil lugares já vendidos. Quem passar irá pegar a Ponte Preta, na decisão, que eliminou o rival de ambos, o Palmeiras, após ganhar de 3 a 0, em Campinas e o alviverde ganhar pelo placar mínimo no Allianz Parque: 1 a 0.

Veja os 13 majestosos com diferença de três gols para o São Paulo:

Corinthians 1 x 5 São Paulo (2005) – Campeonato Brasileiro
Corinthians 0 x 3 São Paulo(1999) – Campeonato Paulista
São Paulo 3 x 0 Corinthians (1993) – Campeonato Paulista
São Paulo 3 x 0 Corinthians (1992) – Campeonato Paulista
São Paulo 3 x 0 Corinthians (1991)  – Campeonato Paulista
São Paulo 4 x 0 Corinthians (1980) – Campeonato Paulista
São Paulo 3 x 0 Corinthians (1974) – Campeonato Paulista
Corinthians 0 x 3 São Paulo (1966) – Campeonato Paulista
São Paulo 4 x 1 Corinthians (1960) – Campeonato Paulista
São Paulo 4 x 0 Corinthians (1959) – Campeonato Paulista
São Paulo 4 x 0 Corinthians (1944) – Campeonato Paulista
São Paulo 6 x 1 Corinthians (1933) – Torneio Rio-São Paulo
Corinthians 1 x 6 São Paulo (1933) – Campeonato Paulista

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *