Radar da Bola

Monaco vence Dortmund e fica próximo da classificação

Um dia após ao atentado direcionado ao ônibus do time, o Borussia Dortmund recebeu o Monaco nesta quarta-feira (12) no Signal Iduna Park para primeiro jogo das quartas de final da Champions League. Possivelmente abalado, os Auri-negros não conseguiram impor o ritmo de jogo dentro de casa e viu o time francês criar oportunidades, aproveitar as falhas da defesa e abrir 2 gols de vantagem ainda no primeiro tempo. Com a vitória por 3 a 2 na partida de hoje, o Monaco poderá perder por 1 a 0 ou até mesmo por 2 a 1, e ainda assim garantirá vaga na próxima fase.

O Jogo

A partida começou com domínio total dos franceses em campo, e não demorou muito para que o ataque do Monaco incomodasse a defesa alemã e foi logo aos 15 minutos da primeira etapa que o primeiro lance aconteceu. Ao ser lançado na área, Mbappé foi puxado por Sokratis e o árbitro acabou marcando pênalti para o Monaco, mas ao tentar cobrar cruzado o brasileiro Fabinho acabou desperdiçando a primeira grande oportunidade do time.

Não demorou muito para que o Monaco se recuperasse e 3 minutos após perder o pênalti acabou abrindo o placar. Bernardo Silva foi o responsável por iniciar a jogada que resultaria no primeiro gol da vitória francesa. O meia português puxou o ataque pelo meio e tocou para Lemar que acabou batendo cruzado, a bola acabou desviando no joelho de Mbappé e balançando a rede do goleiro Bürki. Entretanto, o jogador se encontrava em posição irregular, mas o árbitro validou o gol para o Mônaco.

A primeira boa oportunidade do Borussia Dortmund veio aos 30 minutos. Após cruzamento de Ginter, Kagawa pegou de primeira e a bola passou bem perto do gol de Suabasic . O Dortmund continuou crescendo, mas aos 34 minutos Raggi cruzou para área e Bender acabou sendo infeliz no lance cabeceando para o fundo da rede de seu time. 2 a 0 Monaco!

Tuchel muda para o segundo tempo

No intervalo da partida Tuchel mudou totalmente o esquema do time em campo, colocando Sahin no lugar de Bender e Pulisic no lugar de Schmelze, formando um 4-5-1. As alterações não demoraram para surtir efeito em campo, e logo aos 12 minutos da segunda etapa em uma jogada envolvendo Sahin,Aubameyang e Kagawa, que deixou Dembélé livre na área para marcar o primeiro do Dortmund em casa.

O terceiro gol francês saiu aos 33 minutos, em mais uma jogada envolvendo Mbappé, o “ novo Henry” do Monaco. O francês soube aproveitar falha da defesa Auri-negra após passe curte de Piszczek para Sokratis, o novo xodó da torcida conseguiu interceptar a bola e ficar cara a cara com Bürki, o atacante teve toda tranquilidade para colocar a bola no ângulo esquerdo sem nenhuma chance de defesa ao goleiro.

Dessa vez, o Borussia Dortmund reagiu rapidamente ao gol do adversário, e 5 minutos após o terceiro tento do adversário conseguiu marcar seu segundo gol. Aos 38 minutos, Kagawa recebeu um cruzamento na área, tirou o zagueiro Jamerson da jogada com um lindo corte e bateu de canhota, marcando um golaço para os alemães.

Mesmo com todos os empecilhos que poderiam ter acabado com o espetáculo futebolístico, Borussia Dortmund e Monaco promoveram um jogo digno de Champions League, e apesar da derrota e do mau desempenho na partida, os Auri-negros demonstraram garra em campo e mostraram também que nada está definido nesse confronto que ainda nos promete grandes emoções. O segundo jogo das quartas de final acontecerá dia 19 de abril no Stade Luis II.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *