Radar da Bola

Gabriel Jesus retorna, tem gol anulado e clássico de Manchester não sai do zero

O último clássico de Manchester entre City e United nesta temporada terminou sem gols. O jogo teve o retorno do brasileiro Gabriel Jesus, quase três meses afastado por lesão no dedo. O jogo teve expulsão de Fellaini, gol anulado do atacante da seleção brasileira e um City mais dominante durante os 90 minutos.

City domina United mas não sai do zero

O clássico disputado no Etihad Stadium era válido pela 26ª rodada do Campeonato Inglês, duelo atrasado. O resultado de 0 a 0 significou um lado negativo das duas equipes. Do lado azul, a chance de ultrapassar o Liverpool e assumir a terceira posição, já do lado vermelho, tornou-se a equipe com mais empate nesta temporada da Premier League (13) e a oportunidade de ultrapassar o adversário na tabela.

O primeiro tempo foi com poucas chances e estas oportunidades vieram do time de Etihad Stadium. O primeiro ótima chance de abrir o placar veio nos pés de Agüero. Em cruzamento de Kevin De Bruyne, o argentino sozinho, mandou no pé da trave. O United somente assustou aos 23 minutos, em um cruzamento despretensioso de Martial, o goleiro do City, Bravo rebateu para a pequena área, na sequência o chileno se redimiu e abafou a finalização de Mkhitaryan.

O City mandava nas ações, com o controle total na partida, chegou mais uma vez com Agüero. O argentino que havia parado na trave, desta vez, De Gea impediu um golaço do camisa 10. Em uma arrancada de Touré, Agüero recebeu do marfinense e arriscou de fora da área para a defesaça do goleiro espanhol dos Red Devils. No final da etapa inicial, Ander Herrera teve a chance de tirar o zero. Em uma falta cobrada por Mkhitaryan, o meia espanhol cabeceou sozinho e mandou para fora.

Jesus volta e quase vira herói

A segunda etapa foi marcada pelo retorno de Gabriel Jesus. Mas antes disto, o City voltou mais ofensivo enquanto o United mantinha -se na tática de buscar os erros adversários. Em um chute de Kevin De Bruyne, o belga enganou a torcida azul, mandando na rede do lado externo.

Aos 21 minutos, em um escanteio, Otamendi subiu mais que a defesa e mandou para fora. Parecia que o gol teimava em não sair neste clássico. Na metade da etapa final, o jogo ficou mais parado e com poucas chances de gol. Se não saia o gol, o discussão e expulsão tinha que ter neste clássico quente. Fellaini deu uma forte entrada em Agüero e recebeu amarelo, na continuidade da falta, o belga se estranhou com o argentino dando-lhe uma cabeçada e viu vermelho sair da mão do juiz e ser expulso.

Com o jogo quente, as chances dos times foram escassas. A animação veio aos 40 minutos. Não era gol mas o retorno de Gabriel Jesus. O camisa 33 anotou o gol nos acréscimos mas, foi anulado por estar em impedimento. O derby não saiu do zero. Com o resultado, o City manteve a 4ª posição com 65 pontos um a mais que o United, que assume a 5ª posição.

No próximo domingo, os Red Devils encaram o Swansea, em casa, às 8h. Já o Manchester City encara o Middlesbrough fora de casa, domingo, às 10h05.

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *