Radar da Bola

Fiel ao seu estilo, Timão avança no Paulistão

É festa, é festa na favela, alegria do povão, chegou o grande dia, vai pra cima Coringão… O clima da Arena Corinthians ontem (09) foi de atuação de gala pelos 33.491 presentes nas arquibancadas. Porque, quando a gente sabe que o time pode não corresponder em campo, tentamos pelo menos carregá-lo no colo – ou na voz, por assim dizer – e assim aconteceu, com o tradicional 1 a 0 o Corinthians está nas semifinais do paulistão.

Pressionado pelos resultados dos rivais Palmeiras e São Paulo que atropelaram, respectivamente, Novo Horizontino e Linense, mas, principalmente pelo desastroso 0 a 0 no jogo de ida, o técnico Fábio Carille escalou (o que acredita ser) a força máxima corinthiana contra o Botafogo, sem preservar ninguém para o duelo de quarta, contra o Internacional pela Copa do Brasil.

Com menos de um minuto a estratégia quase deu resultado, quando Jô parou em Neneca. E não foi só isso: em outra chance clara, Rodriguinho só não rompeu a barreira do Botafogo porque foi castigado pela soberba. Entretanto, se com o pé não estava dando certo, com a cabeça funcionou surpreendentemente bem. Com maestria em cruzamento preciso, Jadson colocou na cabeça de Rodriguinho que dessa vez, se redimiu do gol perdido anteriormente.

Mesmo precisando de um gol para não ser eliminado, o Botafogo voltou para o segundo tempo com a mesma postura. O Corinthians, com a vantagem, voltou sem a mesma disposição ofensiva do primeiro tempo. O jogo piorou, e o Bota até que tentou se soltar, já que não tinha outra opção. Apesar disso, o Corinthians parece enfim, ter retomado o potencial defensivo, concedendo poucas oportunidades ao adversário, controlando o jogo e passando sem grandes sustos.

No fim o que interessa é o corintianíssimo 1 a 0 no placar e a Fiel torcida feliz. E o time com um peso a menos para carregar nessa gama de jogos decisivos. Ressalto que para ser finalista, o Corinthians terá de jogar mais, seja quem for o adversário. Nos clássicos, até agora, foi bem. Vamos, Corinthians, que esses jogos teremos que ganhar!

 

 

 

Por: Carolina Leonel

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *