Radar da Bola

Corinthians nunca perdeu uma final para times do interior de SP

Foram quatro finais. Três com times de Campinas e uma de Ribeirão Preto. E uma quadra de taças na estante do Parque São Jorge, quando confrontado por rivais interiorano. A primeira final do Corinthians contra times do interior foi exatamente há 40 anos. Justamente a Ponte Preta, quando a equipe vivia um jejum de 23 anos sem títulos. Até hoje, se recordam do gol de Basílio diante de um Morumbi com mais de 85 mil torcedores, aos 36 minutos do segundo tempo.

Basílio comemora gol da vitória e da quebra do tabu de 23 anos sem títulos do Corinthians contra a macaca – Foto: Divulgação

A segunda final também foi contra a macaca. Já sem o peso de não ganhar nada por mais de duas décadas, o Timão levou o título do estadual em 1979, com gols de Sócrates e Palhinha, também no estádio do São Paulo. O jogo de ida terminou sem gols.

Passaram-se nove anos para uma nova final entre o Corinthians e um clube do interior. Este era o Guarani. Após um empate por 1 a 1, com um gol de bicicleta do Neto, grande ícone bugrino, e que depois foi para o próprio alvinegro para ganhar o primeiro título nacional da equipe, o campeonato brasileiro de 1990. Na volta, em Campinas, o centroavante Viola, até então novato no time marcou um gol de carrinho na prorrogação para levantar mais uma taça regional.

Logo no começo do novo século, o Corinthians, mais uma vez chegou na final do Campeonato Paulista contra uma equipe fora do litoral e da região metropolitana. Depois de ganhar por 3 a 0 no Santa Cruz, como visitante, o timão recebeu o Botafogo-SP no Morumbi e não saiu do zero. Ali, o time conquistava seu 24° Paulistão.

Nesta 115ª edição do Campeonato Paulista, o Corinthians busca seu 28° caneco no estadual em sua 49ª final. Se ganhar será o 100º da capital. O interior busca seu quinto título. Foram duas taças erguidas pelo Ituano (2002 e 2014), Bragantino (1990) e Inter de Limeira (1986). Em duas ocasiões não houve times grandes na decisão. Uma por desempenho e na outra por problemas com a FPF (Federação Paulista de Futebol), o trio de ferro (Corinthians, Palmeiras, São Paulo) e o Santos, não disputaram o regional.

A Ponte Preta também busca quebrar um tabu particular. Afinal, são 117 anos tentando ganhar um título de expressão para seu torcedor que lotará o Moisés Lucarelli, neste domingo (30), às 16h. Foram seis vice-campeonatos estaduais, o mais recente 2008, contra o Palmeiras. Além do 2° lugar contra o Lanús (2013) pela Copa Sulamericana e dois campeonatos brasileiros da Série B (1997 e 2014), como vice-campeão. Além disso, neste ano, a macaca eliminou Palmeiras e Santos, para estar na decisão.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *