Radar da Bola

Após primeiro tempo louco, River bate o Melgar e segue invicto

Na noite desta quinta (13), River Plate e Melgar entraram em campo no Monumental de Nuñez em partida válida pela segunda rodada do grupo 3 da Libertadores 2017. Após um primeiro tempo bastante movimentado, os Millonarios garantiram os três pontos na etapa complementar e seguem 100% no certame internacional.

Quando a bola rolou no Monumental, poucos esperavam um jogo tão emocionante quanto o que estaria por vir. Não deu nem tempo do torcedor se acomodar e o Melgar mostrou que não estava ali para brincadeiras. Aos 4 minutos da primeira etapa, Fernández recebeu bom passe de Aguirre e tocou para Herrera, que aproveitou a falha da defesa do River para sair cara a cara com Batalla e tocar na saída do arqueiro, abrindo o placar para os visitantes.

O gol foi um balde de água fria para o River, que demorou para se encontrar em campo, mas quando conseguiu, foi fatal. Após cobrança de escanteio, Maidana arrumou para Casco, que se livrou da marcação e cruzou para Ignacio Fernandéz triscar de letra e empatar a peleja. E o gol foi o gás que o River precisava, cinco minutos depois do empate, Lucas Martínez cabeceou e Driussi apareceu na pequena área para desviar e colocar os hermanos em vantagem.

No entanto, a alegria argentina durou exatos três minutos. Aos 25, Aguirre recebeu bom lançamento nas costas de Casco, disparou até a linha de fundo e cruzou para Herrera, o atacante dominou e não titubeou, empatando o jogo novamente. O que ninguém esperava era que a resposta do River seria tão rápida quanto. O relógio marcava 27 minutos, quando, após bola alçada na área, Lucas Martínez emendou uma meia bicicleta e encobriu Penny, recolocando o River em vantagem.

Ainda na primeira etapa, Casco, em chute de longa distância, assustou a meta peruana. Quem também teve a oportunidade de ampliar o marcador para o River foi Martínez, que parou em bela defesa de Penny. A última jogada da primeira etapa foi uma belíssima troca de passes do River que parou nos pés de Alario, que foi desarmado ao tentar cortar a marcação.

Na segunda metade, o jogo perdeu um pouco do ritmo intenso apresentado no primeiro tempo, ainda assim, guardou alguns lances que levantou a torcida presente no estádio. O primeiro deles veio aos 9, após cobrança de escanteio ensaiada, Rojas encontrou Maidana, que cabeceou para o meio da área e por muito pouco Driussi não conseguiu a finalização, mas Penny, mais rápido, ficou com a bola.

Mas o arqueiro peruano não conseguiu evitar o quarto gol argentino. Ignacio Fernández recebeu passe de Pity Martínez e enfiou na medida para Driussi, que mandou um petardo de primeira e ampliou o marcador para os Millonarios. Dois minutos depois, Martínez deu belíssima caneta e acionou Alario, que não conseguiu ser mais rápido que Penny.

Aos 31, o Melgar cochilou na saída de bola e Driussi chutou forte para boa defesa de Penny, que espalmou para o meio, nos pés de Rojas, que tentou a finalização mas a bola acabou subindo demais. Aos 38, o goleiro peruano quase foi traído em cobrança de escanteio de Mora, que foi direto pro gol, mas o arqueiro conseguiu voltar a tempo e espalmar. No último lance, Mora arriscou um chute cruzado que parou em Penny.

Com a vitória, o River chegou aos 6 pontos e é líder do grupo, já o Melgar para nos 3 pontos e ocupa a terceira colocação do grupo. Ambas equipes voltam a campo pela Libertadores na próxima quinta (20), o River vai até o Equador enfrentar o Emelec, enquanto que o Melgar viaja até a Colômbia, quando irá enfrentar o Independiente Medellín, que ainda não pontuou.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *