Radar da Bola

ACREDITAR É A PALAVRA

No último domingo, o São Paulo sofreu uma dolorosa derrota para o seu maior rival em pleno Morumbi. A torcida se revoltou ao final do jogo e desencadeou em vaias muito fortes ao elenco, com gritos de “time sem vergonha”.

E a partir do resultado desfavorável, grande parte da torcida passou a desacreditar na classificação da equipe para a final do Paulistão. Entretanto, após o bom jogo apresentado diante do Cruzeiro apesar da eliminação, fez com que a esperança por uma virada contra o Corinthians crescesse. O clube paulista apresentou um futebol ofensivo e com boas alternativas de jogo e se isso repetir no jogo deste domingo, a torcida tricolor poderá reviver grandes vitórias do Soberano.

Ao longo de toda sua história, o São Paulo já conseguiu enormes viradas contra os seus maiores rivais e poderá fazer o seu torcedor relembrar aquela virada marcante contra o mesmo de adversário de hoje em 1998.

O São Paulo de 1998. [Divulgacao: Arquibancada Tricolor]

E como não acreditar no Clube da Fé, aquela que é a moeda cai em pé. História que poucos torcedores conheciam e que o ídolo e atual treinador Rogério Ceni lembrou em uma de suas marcantes preleções.

Rogério Ceni em preleção na Liberadores de 2013. [Reproducao: Spfc.net]

Aliás, falando em preleção, hoje é dia de termos mais uma daquelas! O M1TO, como é carinhosamente chamado pela torcida tricolor, tem preleções que fazem muitos jogadores acreditarem no que é improvável. Acreditar é a palavra chave para esse momento, acreditar nos gols de Lucas Pratto, no talento de Cueva e na qualidade do futebol vistoso que sabemos que o time pode apresentar.

Hoje é dia de fazer história e calar a Arena Corinthians que estará lotada e contando com o apoio de mais de 30 mil alvinegros. Fazer a moeda cair em pé e colocar o São Paulo na final do Paulista após um longo tempo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *