Radar da Bola

Violência e virada em Lyon

Time francês consegue virada surpreendente sobre o Besiktas nos últimos minutos de jogo mas a violência nos arredores e dentro do Parc Olympique Lyonnais rouba as manchetes.

Um grande número de turcos viajou os dois mil quilômetros que separam Istambul de Lyon para assistir a partida válida pelas quartas de final da Uefa Europa League realizada nesta quinta-feira. Horas antes da bola rolar os arredores do estádio se transformaram em uma praça de guerra. Torcedores do Besiktas entraram em conflito com a polícia e as cenas de barbárie continuaram nas arquibancadas, o que atrasou o jogo por quarenta e cinco minutos e fez com que parte da torcida francesa invadisse o campo para se proteger das brigas e dos rojões que eram lançados em sua direção. O presidente do Lyon, o empresário Jean-Michel Aulas, foi pessoalmente a campo e com a ajuda de um microfone procurou apaziguar os ânimos nas arquibancadas.

Com a bola rolando o que se viu foi um Besiktas jogando com muita personalidade na casa do adversário e abrindo o placar aos 14 minutos de jogo após belo passe do brasileiro Anderson Talisca em cobrança de falta ensaiada para o Holandês Babel que ficou cara a cara com o goleiro Anthony Lopes. O Lyon parecia não encontrar maneiras de se impor sobre a excelente equipe turca mas aos 36 minutos do segundo tempo, após cobrança de falta, Tolisso contou com desvio providencial na coxa do baiano Talisca para ficar em ótima condição para tocar para o gol. Dois minutos mais tarde, aos 40 minutos, veio a virada inusitada dos franceses. O goleiro Fabri do Besiktas tentou sair jogando após um recuo de bola e foi surpreendido pelo lateral Morel que roubou a bola e concluiu em gol decretando a virada e a vitória do Lyon. O jogo de volta será dia 20 de abril em Istambul.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *