Radar da Bola

NO SUFOCO! Palmeiras vence Jorge Wilstermann no último lance

Em um jogo dramático, o Palmeiras venceu o Jorge Wilstermann por 1 a 0, nesta quarta-feira à noite, na arena, pela segunda rodada da fase de grupos da Taça Libertadores. Depois de sofrer para furar a retranca boliviana, o Verdão chegou o gol aos 50 minutos do segundo tempo pelos pés do zagueiro colombiano Mina após cruzamento de Róger Guedes.

O resultado coloca o Palmeiras na liderança do Grupo 5, com quatro pontos. O Jorge Wilstermann aparece em segundo, com três. Peñarol, com zero, e Atlético Tucumán, com um, se enfrentam nesta quinta-feira, às 21h, no Uruguai.

O JOGO

O Palmeiras controlou o jogo, teve muito mais posse de bola, mas foi pouco perigoso no primeiro tempo. Montado no esquema 4-1-4-1, a equipe dirigida por Eduardo Baptista se lançou ao ataque e esbarrou na forte marcação do Jorge Wilstermann, com linhas de cinco e quatro jogadores à frente da área. Prass fez grande defesa no início após desvio em Mina logo no início da partida. Na frente, Guerra foi o melhor alviverde. Borja teve duas chances, a melhor delas de cabeça, e não aproveitou.

Guerra e Jean desperdiçaram duas ótimas oportunidades em enfiadas de bola de Felipe Melo no começo da etapa final. Com o tempo passando, o Palmeiras mostrou certo nervosismo e em alguns momentos exagerou na vontade. Eduardo trocou Michel Bastos por Keno, depois Guerra por Róger Guedes e Tchê Tchê por Willian. Parecia que não daria. Mas o Verdão não desistiu. Aos 50 minutos, Róger Guedes cruzou rasteiro da direita, e Mina apareceu na segunda trave para desviar de carrinho e acabar com o sufoco.

O Palmeiras agora volta a pensar no Campeonato Paulista. A equipe faz o clássico contra o Santos, domingo, às 18h30, na Vila Belmiro. Pela Libertadores, a próxima partida é contra o Peñarol, dia 12 de abril, em São Paulo. O Jorge Wilstermann pega o Tucumán, dia 11, em Cochabamba, na Bolívia.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *