Radar da Bola

Grêmio massacra Juventude em retorno de Bolaños!

Após empatar quatro partidas seguidas no campeonato Gaúcho, o Grêmio entrou em campo para enfrentar o Juventude disposto a se curar da “empatite” que se instalou nos últimos jogos. Com os retornos de Grohe e Edílson, que estavam lesionados, e principalmente de Bolaños, que jogou na quinta pelas Eliminatórias, o time de Renato Gaúcho dominou a partida deste sábado e chegou aos 17 pontos, garantindo a classificação para as quartas de final. Já o time da serra estacionou na sétima posição com 11 pontos e pode ser ultrapassado neste domingo, dependendo dos outros resultados.

Os dois retornam a campo para a última rodada da primeira fase na quarta. O Tricolor vai a Rio Grande enfrentar o São Paulo, enquanto o Papo recebe o São José em Caxias do Sul. Ambos às 21:45.

Primeiro Tempo

O Grêmio começou uma verdadeira blitz logo nos primeiros minutos e chegou ao gol com 11 minutos. Roubada de bola de Ramiro, que tocou para Pedro Rocha. O camisa 32 avançou pela esquerda e deu assistência para Bolaños, que bateu na saída do goleiro Douglas: Grêmio 1×0.

O Juventude demonstrava muita fragilidade defensiva e levou o segundo cinco minutos depois. Michel roubou a bola no meio e tocou para Luan, que arrancou e devolveu para o camisa 5 chutar forte para ampliar: Grêmio 2×0.

Após erro na intermediária, aos 24, os visitantes enfim chegaram, mas o chute de Wallacer foi para fora, sem perigo. Aos 27, falta para o Grêmio. Marcelo Oliveira cobrou para Edílson, que soltou um petardo para o gol. O goleiro Douglas deu rebote e Léo Moura fez o dele: Grêmio 3×0.

No embalo da torcida, quase houve o quarto gol, mas a tentativa de Pedro Rocha parou no arqueiro e na sobra, Ramiro mandou na zaga. Aos 34, Bolaños deu passe açucarado para Rocha, que demorou a chutar e foi desarmado. Ainda houve tempo para a tentativa de Luan, mas o chute no meio do gol foi defendido sem dificuldades.

Segundo Tempo

O técnico Gilmar Dal Pozzo tentou mudar a postura do alviverde, com as entradas de Bruno Ribeiro e Taiberson. Este último fez boa jogada aos 6 e tocou para Caprini, que mandou no travessão, mas estava em posição irregular. O Grêmio voltou para o ataque em chute perigoso de Luan, aos 10.

E a receita da falta ensaiada voltou a dar as caras quando o relógio marcava 18 minutos. Edílson com o seu canhão calibrado mandou para o gol, Douglas não segurou e Kannemann foi derrubado ao tentar o rebote. Pênalti que Luan cobrou com força e categoria para definir a goleada: Grêmio 4×0.

Logo depois, Bolaños foi ovacionado pelos 13.340 torcedores presentes na Arena quando saiu para a entrada de Gastón Fernández. Depois foi a vez de Léo Moura dar lugar a Fernandinho e Pedro Rocha ceder a vaga para o jovem Lincoln.

Aos 38, Luan quase fez um golaço ao tentar encobrir o goleiro, mas a bola passou por cima da meta. O último lance de perigo veio aos 43, quando Taiberson mandou do meio da rua e obrigou Grohe a fazer bela defesa. Fim de jogo e festa na Arena.

 

Ficha Técnica

Grêmio (4): Grohe, Edílson, Thyere, Kannemann, Oliveira; Michel, Ramiro, Léo Moura (Fernandinho), Bolaños (Gastón), Pedro Rocha (Lincoln); Luan. Técnico: Renato Gaúcho.

Juventude (0): Douglas; Vidal, Wanderson, Ruan, Bruno Collaço; Bruninho, Lucas, Wallacer (Caion), Dieguinho (Bruno Ribeiro); Caprini, Tadeu (Taiberson). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Cartões Amarelos: Edílson (GRÊ). Lucas, Bruno Ribeiro, Caprini (JUV).

Gols: Bolaños (11′ 1°T), Michel (16′ 1°T), Léo Moura (27′ 1°T). Luan (18′ 2°T).

2 Comments

  1. Luciano Furtado Dos Passos

    março 26, 2017 at 8:43 pm

    Eu gostei muito do time da atuação da equipe no geral o Edilson voltou muito bem de uma parada por causa de uma cirurgia o Léo Moura sem comentários grande jogador tá voando joga muito

  2. Doglas Reis

    março 27, 2017 at 12:01 am

    O Grêmio fez um bom jogo ontem com o retorno de Edílson e Bolaños .

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *