Radar da Bola

Fluminense vence Flamengo nos pênaltis e leva a Taça Guanabara

Créditos: André Durão

Foi um clássico eletrizante na final da Taça Guanabara com direito a seis gols no Estádio Olímpico Nilton Santos. Wellington Silva, Henrique Dourado e Lucas fizeram os gols do Tricolor, e Willian Arão, Everton e Paolo Guerrero fizeram os gols do Rubro-Negro. Nos pênaltis deu Fluminense 4×2 e o Tricolor garantiu uma vaga nas semi-finais. Agora o Flamengo terá pela frente o San Lorenzo, pela estreia na Libertadores no Maracanã.

O JOGO

O primeiro tempo foi muito movimentado com direito a cinco gols. Aos quatro minutos, Diego cobra falta na barreira e Wellington Silva fica com o rebote. O jogador sai em disparada para o campo do Flamengo, passa por Pará e na saída de Alex Muralha abre o placar para o Fluminense. Aos oito minutos, Mancuello levanta, Guerrero ganha de cabeça do goleiro Júlio César, Rafael Vaz escorou e Willian Arão empatou. Aos 22 minutos Pará cruza, Guerrero cabeceia pro chão, Júlio César espalma e Everton pega o rebote para fazer o gol da virada flamenguista. Mesmo com a vantagem, o Fla dominava o jogo, mas deixava a defesa exposta. Aos 31 minutos, Guerrero desvia a bola com a mão na área e o árbitro marca pênalti, que Henrique Dourado cobra e empata para o Flu. Aos 40 minutos Wellington Silva vê Lucas chegando e toca para o lateral, que manda à esquerda do goleiro revirando o placar para o Tricolor.

Depois de um primeiro tempo eletrizante, veio um segundo tempo sonolento. Com a vantagem o Fluminense apertou a marcação e passou a tocar a bola. Wellington Silva e Richarlison levava perigo nos contra-ataques. Do outro lado Diego estava apagado e Zé Ricardo arriscou e trocou Mancuello, Willian Arão e Trauco por Gabriel, Berrío e Felipe Vizeu. Com cinco atacantes o Flamengo melhorou, mas foi mais na vontade que na organização. E acabou premiado. Aos 39 minutos Guerrero cobra uma falta sofrida por Pará e empata de novo. Se o jogo terminasse empatado iria para os pênaltis. E foi o que aconteceu.

PÊNALTIS

O Flamengo iria abrir as cobranças com Diego que cobrou no canto esquerdo pelo alto e converteu; depois o Flu tentaria o empate com Lucas que também converteu o dele cobrando no canto esquerdo; Paolo Guerrero manda uma bomba no meio do gol e converteu; Henrique bateu rasteiro no canto direito e converteu; Réver bateu no canto esquerdo, mas Júlio César defendeu com a perna; Marquinho bateu rasteiro, no canto direito e converteu; Rafael Vaz bateu na esquerda e o chute foi para fora; Marcos Junior deslocou Muralha e marcou para o Flu finalizando as cobranças. Resultado: Fluminense 4×2 Flamengo e o Tricolor se garantiu nas semi-finais.

Fluminense: Júlio César; Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Pierre, Orejuela e Sornoza (Marquinho); Richarlison, Henrique Dourado (Marcos Junior) e Wellington Silva (Marquinhos Calazans). Treinador: Abel Braga.

Flamengo: Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco (Felipe Vizeu); Romulo, Willian Arão (Berrío) e Diego; Mancuello (Gabriel), Everton e Paolo Guerrero. Treinador: Zé Ricardo.

Cartões amarelos: Fluminense – Richarlison. Flamengo – Trauco e Everton.
Cartões vermelhos: nenhum.

Local: Estádio Olímpico Nilton Santos, Rio de Janeiro/RJ

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *