Radar da Bola

Botafogo vence Bangu e segue com chances na Taça Rio

O Botafogo venceu o Bangu por 2×0 na tarde de ontem no Estádio Guilherme da Silveira e segue com chances de classificação na Taça Rio. A vitória recolocou o clube entre os quatro primeiros colocados gerais do estadual. Os gols foram marcados por Joel e Sassá, de pênalti. O Botafogo divide a vice-liderança do grupo B com o Nova Iguaçu com sete pontos. Na quinta (30) o Botafogo enfrenta a Portuguesa no Los Larios às 19:30.  Já o Bangu encara o Macáe no mesmo dia, mas às 15:30, em Bangu.

O JOGO

Logo aos quatro minutos, a zaga alvinegra cochilou e o Bangu partiu em contra-ataque pela esquerda com Guilherme. Ele cruzou para Loco Abreu, colocado atrás de Igor Rabello, cabecear livre na pequena área para grande defesa de Saulo. O susto serviu para acordar o Alvinegro, que partiu para o ataque. Aos 11 minutos, Rodrigo Pimpão cruzou um pouco acima da altura ideal para Joel, que finalizou livre, mas desequilibrado.

O Botafogo seguia com dificuldades na criação diante de um Bangu totalmente recuado. Porém, aos 19 minutos, Roger bateu forte da intermediária e Márcio espalmou para o centro da área. Joel dividiu com o zagueiro e para fazer seu primeiro gol com a camisa do Botafogo. Aos 35 minutos, Rodrigo Pimpão foi expulso, pois fez duas faltas duras e desnecessárias em um curto espaço de tempo. A partir daí, o Botafogo controlou o ritmo até o intervalo.

Na volta para o segundo tempo, com um a menos, Jair Ventura trocou Montillo por Fernandes. O Botafogo começou a tentar dominar as ações, com o Bangu buscando velocidade pelas laterais e jogo aéreo para chegar o empate. O jogo ficou truncado, sem chances claras para ambos os lados. Até os 17 minutos, quando Joel fez bela jogada, driblou um zagueiro e cruzou rasteiro para a área. Márcio conseguiu desviar com a ponta dos dedos antes da chegada de Roger.

Aos 21 minutos, Rodrigo Lindoso teve espaço para finalizar na entrada da área. Bateu colocado e sem direção. Logo após, Jair Ventura fez duas substituições: tirou Joel e Roger para colocar Guilherme e Sassá. Aos 38 minutos, Sassá fez tudo certo para Fernandes finalizar muito mal. Aos 40 minutos, o goleiro Márcio fez pênalti em Fernandes. No minuto seguinte, Sassá cobrou e marcou fazendo o segundo do Glorioso. O jogo estava decidido pois o Bangu não encontrou mais forças para ameaçar o Botafogo.

Bangu: Márcio; Daniel Damião (Bruno Luiz), João Guilherme, Anderson Penna e Guilherme; Rafael Henriques, Bruno Bêra (Marcos Vinícius), Thiaguinho e Raphael Augusto; Matheus Pimenta (Leandro Chaves) e Loco Abreu. Treinador: Roberto Fernandes.

Botafogo: Saulo; Marcinho, Igor Rabello, Renan Fonseca e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, João Paulo e Montillo (Fernandes); Joel (Guilherme), Rodrigo Pimpão e Roger (Sassá). Treinador: Jair Ventura.

Cartões amarelos: Bangu – Daniel Damião, Guilherme, Thiaguinho e Bruno Luiz. Botafogo – Victor Luís, Fernandes e Roger.
Cartões vermelhos: Bangu – nenhum. Botafogo – Rodrigo Pimpão.

Local: Estádio Guilherme da Silveira , Rio de Janeiro/RJ

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *