Radar da Bola

Vinícius Tanque decide e Botafogo vence a primeira no estadual

O Botafogo foi a campo enfrentar o Macaé com o time reserva e com apenas um titular: o goleiro Gatito Fernández. A jovem equipe do Glorioso mostrou que queria a vitória, mas sofreu com o último passe. Porém Rodrigo Lindoso e Vinícius Tanque marcaram os gols alvinegros, Xavier descontou para a equipe macaense. Vinícius acabou saindo como o herói botafoguense ao marcar no apagar das luzes, mas alguns minutos antes havia perdido uma bola boba no ataque e proporcionado o empate do Macaé, que também teve uma colaboração de Gatito, que deixou a bola escapar. A nota triste foi a lesão do jovem Gustavo Buchecha, que fazia sua estreia no time profissional do Botafogo. O jogador teve uma forte entorse no joelho direito e ficará um bom tempo no estaleiro. Agora o Botafogo volta sua carga para a Libertadores. Na quarta enfrenta o Colo-Colo, em Santiago (Chile), às 22:00 (horário de Brasília) e pode até perder por um gol de diferença, mas tem que ser a partir de 3×2, que se classificará para pegar o vencedor de Olimpia ou Del Valle.

O JOGO

O Botafogo começou partindo pra cima querendo a vitória de qualquer maneira. Aos três minutos, Dudu Cearense foi derrubado na área, mas o árbitro não marcou pênalti. Aos nove minutos, Guilherme domina e toca para Rodrigo Lindo que mata no peito e chuta da entrada da área para abrir o placar no Nilton Santos. Depois o Botafogo diminuiu um pouco o ritmo e o Macaé pouco atacou. Aos 29 minutos um susto para o botafoguense: Zotti cruzou e Dudu Cearense cabeceou contra o patrimônio, mas a bola explodiu na trave. Aos 38 minutos, Rodrigo Lindoso, com a bola no círculo central, vê Milton Raphael adiantado e manda um chutão por cobertura, parecido com aquele gol que Pelé tentou e não conseguiu, mas a bola foi para fora. Um minuto depois Marcinho cobra escanteio, Dudu Cearense cabeceia e Milton Raphael voa para evitar o segundo gol botafoguense. Depois o jogo ficou morno até o árbitro apitar o fim do primeiro tempo.

O começo do segundo tempo não foi diferente. Logo a um minuto Marcinho roubou a bola e soltou um petardo que obrigou Milton Raphael a trabalhar. Depois o jogo ficou morno até os 22 minutos quando Rodrigo Lindoso lança Guilherme, que domina e bate colocado, mas Milton Raphael faz a defesa. Aos 33 minutos Vinícius Tanque perde a bola no ataque e dá o contra-ataque ao Macaé, que no minuto seguinte chega ao empate: Rafinha chuta cruzado, Gatito deixa a bola escapar a Gabriel Xavier marca. Aos 36 minutos Rodrigo Lindoso deixa pra Dudu Cearense que arrisca de fora da área, mas a bola vai pra fora. Depois Milton Raphael aparece defendendo uma cabeçada de Renan Fonseca (aos 39 minutos) e um chute de Guilherme (aos 41 minutos). Aos 44 minutos, Fernandes vai a linha de fundo e cruza, Vinícius Tanque chega de voleio, mas a bola vai para fora. Aos 47 minutos, Fernandes experimenta de fora da área, mas para em Milton Raphael. Aos 48 minutos Renan Fonseca cabeceia e a bola vai para rede pelo lado de fora enganando alguns torcedores. Aos 51 minutos o Macaé chega com Xavier, que solta a bomba, mas Gatito defende. E aos 52 minutos, Renan Fonseca lança Guilherme, que corre para tentar evitar da bola sair (lance polêmico que o árbitro deixou seguir) e cruza para Vinícius Tanque, de cabeça, fazer o gol da vitória. Logo após o juiz apitou o fim da partida e o Botafogo segue vivo na Taça Guanabara.

Botafogo: Gatito Fernández; Marcinho (Fernandes), Renan Fonseca, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Gustavo Buchecha (Matheus Fernandes), Dudu Cearense e Leandrinho; Guilherme e Joel (Vinícius Tanque). Treinador: Jair Ventura.

Macaé: Milton Raphael; Léo Rodrigues, Ramon, Aislan e Ebert; Dierson (Rafinha), Alan, Zotti e Marquinho; Romarinho (Guilherme Xavier) e Maycon Aperibé (Yago). Treinador: Renê Simões.

Cartões amarelos: Botafogo – nenhum. Macaé – Alan.
Cartões vermelhos: nenhum.

Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro/RJ

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *