Radar da Bola

Jadson será o salvador da pátria?

Após o jogo amistoso de ontem, onde o Corinthians sofreu – e muito – para vencer a Ferroviária por 1 a 0, o torcedor mais otimista ficou com um pé atrás com as expectativas para o ano de 2017. A chegada do meia Jadson parecia que era a salvação neste mar de preocupação que ronda para os lados do Pq. São Jorge. Mas, engana-se quem pensa que o jogador de 33 anos vem para salvar e resolver todos os problemas da equipe alvinegra.

Jadson jogou muito. Mas jogou ao lado de jogadores muito melhores que os presentes no elenco corintiano. Quando foi campeão brasileiro em 2015, Jadson atuava ao lado de Renato Augusto, Elias, Vágner Love e cia. Além do fator Tite, que faz toda a diferença.

Agora, Jadson vai ser o ator principal solo neste elenco, que vem sofrendo críticas por conta da qualidade duvidosa, pouca vontade demonstrada, somado ao fato do treinador ser inexperiente e com um ponto de interrogação na testa.

Somado a isso, o Campeonato Paulista vai ter uma importância muito grande para o clube. Sem outras competições, os jogadores estarão mais descansados e 100% focados, o que, no papel, garante uma vantagem em relação aos outros clubes.

Resta saber se Jadson ainda vai conseguir atuar em alto nível, depois de uma temporada no campeonato chinês, onde o nível técnico é muito menor. Por ser considerado quase que um ídolo, a fiel torcida vai dar um pequeno tempo de crédito ao camisa 10.

Mas não se engane, se o time não jogar…olê, olê, olá.

Jadson

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *