Radar da Bola

Em jogo fraco, “misto” do Cruzeiro empata com a URT

Usando um time mesclado entre titulares e reservas, equipe celeste empata em 1×1 com a URT em Patos de Minas, em um jogo nada agradável para quem assistiu

 

Nesta tarde de sábado, o Cruzeiro foi até Patos de Minas enfrentar a URT. Com a ideia de poupar alguns titulares por causa do desgaste, o técnico Mano Menezes optou por usar um time mesclado. Mesmo assim, o time celeste entrou em campo para buscar a vitória e confirmar a liderança do campeonato mineiro. Porém, o que se viu no 1° tempo, foi um jogo marcado por um baixo nível técnico. Em um gramado irregular, os jogadores dos dois times tinham enormes dificuldades em desenvolver boas tabelas e toques rápidos dentro de campo! O 1° tempo não teve emoções nem lances de perigo, apenas dois times abusando dos lançamentos longos e de algumas faltas desnecessárias, além da forte marcação.

O time “misto” do Cruzeiro, não conseguia criar jogadas, nem chegar com perigo ao gol da URT, enquanto o time da casa, apesar de estar mais habituada ao campo, também não ameaçava o gol defendido por Rafael. O técnico Mano Menezes esteve muito irritado à beira do campo, mas o time seguia sem inspiração e cometendo erros graves na criação de jogadas.

Para tentar buscar o gol e a vitória, logo no início do 2° tempo, Mano Menezes mexeu na equipe: o jovem Alex, que pouco foi útil ao longo do 1° tempo, saiu para a entrada de Rafael Sóbis. Com mais um titular em campo, o Cruzeiro acabou melhorando um pouco na partida e passou a ir com mais qualidade ao ataque. A URT, se limitava a defender e tentar boas jogadas de contra-ataque, enquanto o time celeste, passou a ficar mais com a bola e chegava mais vezes ao gol adversário.
Aos 15 minutos, Rafinha recebe a bola na entrada da área e é derrubado pelo zagueiro da URT. Penalti para o Cruzeiro, que o argentino Ramon Ábila bateu e colocou o time celeste na frente!

Com a desvantagem no placar, o time da casa foi para cima do Cruzeiro! Não houve muito tempo para comemorar a vantagem: Logo aos 22 minutos, Carlinhos recebeu a bola no meio-campo, se desvencilhou facilmente da marcação de Cabral e Henrique, tocando para Gabriel Ceará, que de frente para Rafael, só teve o trabalho de empurrar para o gol.

Após o empate, aos poucos, o jogo voltou a ficar sem muitas emoções. Nenhum dos dois times conseguia criar boas oportunidades e não assustavam muito aos goleiros adversários. Mano Menezes tentou algumas alterações, colocando Elber e Diogo Barbosa na partida, mas os dois pouco acrescentaram ao fraco desempenho do Cruzeiro no dia de hoje!

Com o resultado, o Cruzeiro perde os 100% de aproveitamento no ano, é líder, mas pode ser ultrapassado pelo Atlético-MG, que enfrenta o América amanhã no Independência. Desde o começo do ano, esta foi a exibição mais fraca registrada pelo Cruzeiro e o primeiro resultado que não foi tão positivo para as pretensões do time dentro do estadual. Agora, o time descansa para encarar a Copa do Brasil na quarta, onde o time titular estará em campo no Mineirão, com a possível estréia de Thiago Neves com a camisa celeste.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *