Radar da Bola

E agora, a bola rola ou não rola?

Após polêmica com a Federação, Atlético-PR e Coritiba tentam mais uma vez jogar o primeiro Atletiba do ano.

O AtleTiba continua em clima de total tensão. Tudo começou com o cancelamento da partida que estava programada para acontecer dia 19 de fevereiro. Por ordem da Federação Paranaense de Futebol, o árbitro não permitiu que a bola rolasse, alegando a presença de pessoas sem credenciamento em campo. Pessoas essas que estavam trabalhando na transmissão do jogo via canais do YouTube e páginas no Facebook das duas equipes (tanto Coritiba quanto Atlético-PR não venderam o direito de transmissão de seus jogos pelo estadual para a Rede Globo de Televisão).

Atlético-PR e Coritiba tentam mais uma vez jogar o primeiro AtleTiba do ano

Mas isso é apenas o começo da história. O segundo capítulo fica por conta do descontentamento de ambas as equipes com a escolha pela nova data da partida: 1º de Março, uma quarta-feira de cinzas. Paulo Autuori, técnico da equipe rubro-negro, decreta que não há clima para disputar um clássico na atual situação. “Estão esforçados para fazer as coisas mal feitas. Fazer um Atletiba escondido em uma quarta-feira de Cinzas, às 20h, tem que ter muita luz para pensar em algo assim”, afirmou Autuori.

Coritiba busca ultrapassar barreiras

O Coxa também vive sua tragédia particular e encabeça um capítulo próprio nessa história. Após uma eliminação surpreendente e vergonhosa na Copa do Brasil, o técnico Paulo César Carpegiani foi demitido do comando da equipe. “[A eliminação para o ASA-AL] Não foi a gota d’água, foi o copo inteiro que virou. Nós temos poucas competições, houve uma desilusão muito grande. Não vínhamos bem e éramos conscientes disso”, desabafou o ex-técnico alviverde.

Para o clássico, o Coxa estará sob o comando de Pachequinho, auxiliar-técnico do clube, e auxiliado por Márcio Goiano. O Atlético-PR ainda não tem nenhuma vitória no estadual e conta apenas com três pontos em quatro rodadas já disputadas. O Coritiba se encontra na sexta colocação, somando sete pontos, podendo assumir a vice-liderança se vencer o clássico. O provável time alviverde será Wilson, Dodô, Werley, Juninho, Carlinhos, Jonas, Matheus Galdezani, Kady, Henrique Almeida, Kleber e Neto Berola.

Quer conferir o desfecho dessa história? A bola rola a partir das 20h, na Arena da Baixada. A partida pode ser acompanhada pelos canais oficiais no Youtube: Coritiba (https://www.youtube.com/coritibaoficial) e Atlético-PR (https://www.youtube.com/tvatleticopr). Os torcedores também podem acessar as páginas oficiais no Facebook: Coritiba (https://www.facebook.com/coritibaoficial/) e Atlético-PR (https://www.facebook.com/atleticopr).

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *