Radar da Bola

Coxa desencanta e fecha terceira rodada com vitória em casa

Couto Pereira é palco de noite marcante para Kleber Gladiador e Neto Berola, e Coritiba tem primeira vitória nos braços da torcida coxa-branca

Coritiba e Paraná Clube foram os responsáveis pelo primeiro clássico no Campeonato Paranaense 2017. O estádio Couto Pereira foi escolhido para ser o local que recebeu a primeira vitória do time coxa-branca no campeonato, em cima da equipe paranista. Num jogo confuso, truncado e sem muitos lances criativos, Kleber Gladiador levou a sério sua posição de capitão e deu esperança aos torcedores alviverde.

Kleber garante primeira vitória coxa-branca, para delírio da torcida

Essa vitória muda o rumo dos dois times dentro da competição. De um lado, o Coritiba garante quatro pontos no Paranaense 2017, assumindo assim a quinta posição na tabela. Do outro lado, a invencibilidade do Paraná acaba, assim como sua liderança. O time tricolor assume a vice-liderança, com seis pontos.

 

Primeiro tempo truncado e de pouco futebol

O Alto da Glória presenciou um primeiro tempo sem muitas emoções. Apesar das equipes apertarem suas marcações e evitarem que o time adversário chegasse na grande área, não empolgou. O lance de maior perigo a favor do Coritiba na primeira etapa da partida foi num erro da defesa tricolor. Aos 13’, o goleiro Leo errou na saída de bola, entregando nos pés de Kleber. Para sorte da torcida paranista, a zaga estava esperta e salvou.

O jogo foi muito corrido, com os jogadores se esforçando ao máximo para uma marcação fechada. Mas isso contribuiu para que o campo ficasse com muito espaço, não tendo nenhum aproveitamento. Se por um lado o Paraná Clube tinha toda sua preocupação voltada para o defensivo, o Coritiba estava perdido em campo, com jogadores sem nenhuma função.

Grande parte da primeira etapa da partida ficou concentrada no meio campo, fazendo com que nenhuma das equipes conseguisse alcançar com perigo o gol adversário.

 

Coxa acorda e mostra que ainda está vivo

Mesmo com erros e precisando de alternativas mais ofensivas, o Coritiba voltou a campo com a mesma formação do primeiro tempo. Henrique Almeida deu uma pontinha de esperança aos torcedores aos 5’. Em vacilo da defesa da equipe tricolor, o atacante tomou a bola, invadiu a área e bateu direto para a defesa do goleiro paranista.

Percebendo que o adversário não estava para brincadeira, o Paraná Clube amorcegou o jogo, se dedicando apenas na marcação e esperando o Coritiba em sua área defensiva. Mesmo persistindo na desorganização e na falta de criatividade, o alviverde continuou indo para cima.

Dentre tantas substituições que aconteceram durante a partida, a que mais marcou foi a saída de Thiago Real para a entrada de Neto Berola. O atacante retornava ao Coritiba após cinco meses de recuperação, depois de sofrer uma cirurgia no tornozelo. A entrada de Neto trouxe a campo um Coritiba completamente diferente. Mais ativo, criativo e ofensivo.

Comprovando sua diferença em campo, aos 29’ Neto Berola fez a jogada pela direita e cruzou para a área, encontrando Kleber Gladiados. O também atacante cabeceou direto para o fundo do gol, fazendo a festa da torcida alviverde no Couto Pereira.

O fim da partida ainda foi marcado pela expulsão do meia paranista Zezinho, após cotovelada maldosa em Kleber. O Coxa terminou a partida sendo soberano no segundo tempo, e dando de presente ao Paraná Clube seu primeiro gol sofrido nessa temporada.

Após o apito do árbitro (que merece destaque positivo, ao levar uma partida sem erros nas marcações), algo comprovou que o futebol não é apenas um jogo. Estreando nos gramados com a camisa do Paraná Clube, o atacante Guilherme Biteco foi recebido por todos os jogadores, tanto tricolores como alviverdes, para um abraço de conforto e força. O jogador perdeu seu irmão no acidente com o avião da equipe do Chapecoense, no ano passado.

 

O Coxa já viaja nessa segunda-feira para Bahia, cumprindo agora um compromisso na Copa do Brasil. O time alviverde enfrenta o Vitória da Conquista, na quarta-feira, dia 8. Depois disso, o Coritiba volta a campo na capital paranaense, no sábado, contra a equipe do Foz do Iguaçu, no Couto Pereira. O jogo acontece às 17h.

 

FICHA TÉCNICA

Coritiba 1 x 0 Paraná Clube

CORITIBA (4-2-3-1): Wilson, Werley, Walisson Maia, Juninho, Carlinhos, Tiago Real (Neto Berola), Alan Santos, Matheus Galdezani, Rildo (Filigrana), Henrique Almeida (Ruy) e Kleber

Técnico: Carpegiani

PARANÁ CLUBE (4-4-2): Leo, Diego Tavares, Rayan, Artur Jesus, Jhony (Gabriel Dias), Kaike (Junior), Vitor Feijão, Alex Santana, Felipe Alves, Zezinho e Alesson (Biteco)

Técnico: Wagner Lopes

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *